MAR2020 – Um mar de oportunidades?

MAR2020 – Será mesmo um mar de oportunidades?

Desde a abertura do quadro comunitário, foram aprovadas 3 593 candidaturas num montante aproximado de 261 milhões de euros (com referência a junho de 19).

De fora ficaram 1 551 candidaturas (30%).

Fique a saber neste artigo o que deve ponderar antes de se candidatar.

Desde 2014 que começámos a prestar um pouco mais atenção a este setor que se revela de vital importância não só para a economia portuguesa, como para a sustentabilidade futura do nosso planeta.

Tudo começou com uma inesperada visita aos viveiros do Vale da Lama, na Mexilhoeira Grande.

Projeto aprovado MAR2020

 

Na empresa trabalham 16 pessoas, desde biólogos, engenheiros químicos e mecânicos, patologistas e financeiros.

Numa conversa informal e descontraída com o responsável, constatámos que esta empresa reinvestia todos os anos grande parte do seu lucro.

O António num tom informal e animado dizia que preferia investir em equipamentos inovadores, na melhoria do bem-estar animal, nos processos e nas pessoas, ao invés de pagar impostos.

Foi claro que a empresa tinha o perfil ideal para trabalharmos em conjunto numa candidatura ao MAR2020 uma vez que, conseguia evitar grande parte dos fatores de risco, entre eles:

  • Empresa com autonomia financeira bastante acima dos mínimos recomendáveis;
  • Não apresentava necessidade de recorrer a financiamento bancário;
  • Já possuía clientes e vendas recorrentes;
  • Procurava investir, independente da existência de apoios;

Passados 3 anos, a Aqualvor já fechou os investimentos da 1ª candidatura, recebeu os incentivos e voltou a recandidatar-se para o período 2019 – 2022.

Podemos dizer que é um caso de sucesso, uma vez que a empresa foi reembolsada em aproximadamente 50% dos investimentos que efetuou, o que lhe permitiu: melhorar as margens do negócio, aumentar a produção, reduzir o tempo dos ciclos produtivos, e como consequência apresenta-se como um player de referência no setor.

Aqualvor Mar2020

Veja aqui o vídeo da autoria do MAR2020.

 

No entanto, nem tudo são casos de sucesso. No meio de outras operações, vários empresários queixam-se de atrasos e burocracias.

De entre as principais críticas que normalmente ouvimos dos nossos clientes, destacamos:

  • Atrasos na aprovação das operações (4 a 6 meses desde a submissão de uma candidatura);
  • Atrasos na resposta às alegações contrárias (4 a 5 meses);
  • Dificuldade na obtenção de financiamento bancário;
  • Pedidos de reprogramação e de pagamento demoram vários meses a serem decididos;

No nosso dia-a-dia, enquanto consultores, reconhecemos pontos de melhoria de ambos os lados:

  • Do lado das empresas, é necessário perceberem que os standards de exigência do quadro comunitário são elevados, e mais importante do que conseguir uma candidatura aprovada, é a empresa perceber à priori se é viável efetuar o investimento sem dependência total dos incentivos.
  • Do lado dos organismos, seria igualmente desejável tempos de resposta mais curtos.

 

Naturalmente que os incentivos existem e estão disponíveis não só para quem não precisa deles, porém a mensagem que queremos deixar claro é, caso equacione efetuar investimentos com recurso a incentivos, deve:

  • Investir mais no planeamento da operação;
  • Evitar reprogramações ao plano de investimentos,
  • Definir metas prudentes e se possível,
  • Obter financiamento bancário que não esteja condicionado à existência de apoios.

 

Do nosso portfolio de assessoria em operações do MAR2020, contamos com operações aprovadas / em curso nos seguintes clientes:

  • Aqualvor
  • Piscicultura Vale da Lama
  • Emáqua
  • Bivalsado
  • Sociedade Piscicultura Farense
  • Oysterworld
  • Ostraselect
  • Aqualvor (v2)
  • Piscicultura Vale da Lama (v2)
  • Sustainable Ocean Supplements
  • Alvostral
  • Finisterra, SA (IP)
  • Finisterra, SA (Transformação)
  • Cavalo Marinho
  • Exporsado
  • Ostra Ribeiro
  • Oysterworld (v2)
  • MarvellousWave (Aquanostra)
  • Bivalvia
  • Aquacultura Foz do Arade

 

Enquanto entidade analista de Pedidos de Pagamento, temos igualmente desenvolvido atividades de Controlo Administrativo nas seguintes instituições:

  • Faculdade de Ciências da Universidade Lisboa
  • Universidade Nova de Lisboa
  • ADEPE
  • IPMA
  • ADREPES
  • IPL – Instituto Politécnico de Leiria
  • Instituto Superior Técnico
  • A2S

Veja também outro caso de sucesso em: Oysterworld com projeto aprovado no MAR2020

Área Investidores

Antes de submeter o formulário, consulte o nosso portfolio, onde também poderá encontrar o tipo de projetos que temos em carteira.

Caso identifique algum projeto que se enquadre no seu perfil de investidor, dê-nos a indicação, preenchendo os campos abaixo.

Centro de Resolução de Litígios

Em caso de litígio o consumidor pode recorrer a um Centro de Resolução de Litígios de consumo:

CNIACC – Centro Nacional de Informação e Arbitragem de Conflitos de Consumo – www.​cniacc.pt

Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Distrito de Coimbra – www.​centrodearbitragemdecoimbra.com

Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa – www.​centroarbitragemlisboa.pt

Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo da Região Autónoma da Madeira – www.​madeira.gov.pt/cacc

Centro de Informação e Arbitragem do Porto – www.​cicap.pt

Centro de Informação e Arbitragem do Vale do Ave – www.​triave.pt

Centro de Informação e Arbitragem do Vale do Cávado – www.​ciab.pt

Centro de Informação, Mediação e Arbitragem do Algarve – www.​consumidoronline.pt/pt/

Para atualizações e mais informações, consulte o Portal do Consumidor em www.​consumidor.pt

(ao abrigo do artigo 18.º da Lei n.º 144/2015, de 8 de setembro)